Alexandre Pires tem lançamento nacional da nova música "Barraqueira"

30/04/2015 15:00

Nesta quarta-feira (29), o pagodeiro Alexandre Pires lançou nas rádios de todo Brasil sua nova música, intitulada "Barraqueira".

Sem perder o estilo romântico, esta nova canção traz com muito bom humor a história de um homem que tem como parceira uma mulher ciumenta e apaixonada.

Tenho certeza que como quase tudo que o Alexandre Pires faz, vai ser sucesso.

Depois de concluir o seu projeto de volta ao SPC para a turnê e Dvd/Cd dos 25 anos de carreira, e o projeto Gigantes do Samba que também  resultou em uma turnê e Dvd/Cd junto com a consagrada banda Raça Negra, Alexandre Pires está de volta a sua carreira solo.

A música já está na programação da Oceano FM.

#Sucesso

Camisa de Vênus volta aos palcos

29/04/2015 17:00
“Tudo isso aconteceu há mais de 50 anos". Quando foi lançada, em 1986, no álbum “Correndo o risco”, a canção “Simca Chambord” falava em “mais de 20 anos”. Com aquela ironia que escorre pelo canto da boca, Marcelo Nova, vocalista do Camisa de Vênus, não resistiu a atualizar essa parte da letra (e só essa). Sim, aos 63 anos de idade, Marcelo está de volta com o Camisa, que começa no dia 9, no Circo Voador, a turnê de comemoração dos 35 anos da sua fundação — inicialmente com 14 datas, será a mais comprida sequência de shows desde que o grupo encerrou as atividades pela primeira vez, em 1987.

— É curioso nós termos sobrevivido a 35 anos. Sempre fomos os azarões (do rock brasileiro) — diz Marcelo, ao fim daquele que seria o quarto ensaio com a banda para os shows. — Aquelas canções que fizemos continuam relevantes. E aí você percebe que tem três gerações que nos acompanham. Por que não (voltar)? Estou numa idade em que posso me dar ao luxo de revisitar a minha obra. Está sendo divertido voltar a cantar canções que eu não cantava há décadas. Tive que reaprendê-las, mas foi fácil, a banda ajudou bastante.

Essa realmente é uma excelente noticia, cresci ouvindo Camisa de Vênus, que sempre foi uma das minha bandas favoritas.
Tenho vários discos (vinis) da banda e cds também.
O punk rock do Camisa e o jeito de cantar do Marcelo Nova sempre foram únicos.
O rock nacional agradece a volta do Camisa de Vênus.

Zeca Pagodinho lança "Ser Humano"

28/04/2015 16:00

Nem parece, mas já faz cinco anos que Zeca Pagodinho não lança um álbum de inéditas. O último, “Vida Da Minha Vida”, chegou ao mercado em 2010. Desde então, ele tem se dedicado a obras que celebram a história do samba e a sua própria trajetória na música: “Ao Vivo Com Os Amigos” (2011), “O Quintal Do Pagodinho” (2012) e “Multishow ao vivo: 30 anos – vida que segue” (2013).

A espera por material novo acabou com a chegada do álbum “Ser Humano”. O trabalho é composto por catorze faixas, incluindo participações nada óbvias. Pepeu Gomes exibe o som de sua guitarra em “A Monalisa”, enquanto “Nerso da Captinga”, famoso personagem do humorista Pedro Bismark, ataca de cantor na divertida “Mané, Rala Peito”.

O disco ainda conta com o jovem sambista Juninho Thybau, sobrinho de Zeca, em “Tempo de Menino”. A faixa título, composta por Claudemir, Marquinho Índio e Mário Cleide, é uma homenagem ao próprio Zeca e conta com trechos como “O teu astral pra cima já é marca registrada / Esse teu jeito que não guarda mágoa de ninguém”.

Com disco na praça, o sambista agora coloca seu samba na rua. A nova turnê estreará com dois grandes shows no Citibank Hall de São Paulo (SP), nos dias 8 e 9 de maio. Depois, ele segue para o Rio de Janeiro (RJ), onde tem shows agendados para 29 e 30 de maio, também no Citibank Hall.

Com certeza vai ser mais um projeto de sucesso do Zeca, que fez um grande aqui em Rio Grande, em Outubro de 2013 na festa de aniversário da Oceano FM.

 

 

Sorriso Maroto em Rio Grande com direito a "bis"

27/04/2015 16:00
Quem vai a shows em Rio Grande, sabe o quanto é dificíl o pedido de "mais um" por parte do público, afinal, em geral o riograndino é exigente em relação a performance dos artistas.
Mas no show do Sorriso Maroto, no sábado (25) no Eventual Cassino, a galera pediu "bis" e o grupo atendeu. Depois de ter feito um show perfeito, o grupo atendeu aos pedidos e voltou ao palco para quase  mais meia hora  de show.
Destaque também para a banda riograndina Acesso Livre, que fez a abertura do show.
O Sorriso Maroto ainda agradeceu no final ao público que interagiu o tempo todo com a banda.
Sintonia perfeita entre artistas e público e a certeza de uma noite inesquecível.
#BoomExplodiu 
Mundo da Música

As novidades e todas as notícias do mundo da música estão aqui.

Voltar Topo