Rod Stewart, Elton John e Queen fizeram grandes shows no Rock in Rio

22/09/2015 17:45
Adam Lambert mostrou que não dá pra comparar ele com o Fred Mercury, mas também mostrou que o Queen acertou em escolher ele como o cara certo para assumir os vocais da banda.
Com uma grande presença de palco, muito personalidade e uma voz empolgante , ele deu uma grande contribuição ao show do Queen que teve um grande roteiro musical.

Elton John veio com uma caminhão de sucessos, e um show até previsível, mas com muita qualidade musical.

Mas talvez o melhor show do festival até aqui tenha sido o de Rod Stewart, além de uma grande banda, um grande repertório recheado de sucessos e muito carisma, Rod encantou o público com a sua performance no palco e um roteiro de show perfeito.

Agora é esperar os próximos shows.

Atrações do 1º fim de semana do Rock In Rio

18/09/2015 16:00

Neste ano, a edição brasileira será nos dias 18, 19, 20, 24, 25, 26 e 27 de setembro de 2015, na Cidade do Rock, no Rio (Parque dos Atletas, Av. Salvador Allende), em área com mais de 150 mil metros quadrados. Todos os ingressos dos sete dias estão esgotados.

Entre as principais atrações estão Rihanna, Katy, Queen com Adam Lambert, System of a Down, Slipknot, Metallica, Rod Stewart, Faith no More, John Legend, Korn, Deftones, Steve Vai, Seal, Elton John, Mötley Crüe, Royal Blood e Queens of the Stone Age. O Rock in Rio também terá casamentos em todos os dias.

Edição de 30 anos do álbum 'Legião Urbana' vai ser dupla e terá pérolas raras

03/09/2015 17:00

Em comunicado expedido, Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá revelaram que a edição comemorativa dos 30 anos do primeiro álbum da banda Legião Urbana é dupla e vai apresentar gravações raras. No mercado fonográfico no último trimestre de 2015, em edição do selo EMI distribuída pela gravadora Universal, a edição dupla vai trazer no disco 1 a edição remasterizada do álbum original de 1985. No disco 2, o álbum Legião Urbana - 30 anos vai apresentar registros até então guardados nos arquivos da gravadora EMI-Odeon. Entre estes fonogramas raros, há as gravações das três músicas registradas pela Legião Urbana em 1983, quando o grupo ainda era um trio e Renato Russo (1960 - 1996) acumulava as funções de vocalista e baixista da banda. No comunicado, Dado e Bonfá ressaltam que a turnê nacional a ser feita a partir de outubro - com o cantor paulista André Frasteschi no posto de vocalista da banda - tem o objetivo de promover a edição comemorativa das três décadas do disco e que não se trata de uma volta da Legião Urbana. O roteiro do show inclui o repertório integral do álbum Legião Urbana. Eis as palavras oficiais de Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá sobre o projeto  Legião Urbana - 30 anos:

♪ "Em 2014, enquanto atravessávamos o difícil processo judicial pelos nossos direitos sobre o nome da banda, acabamos achando - em comunicados como este - uma ferramenta clara de nos comunicar de forma direta com a imprensa e, principalmente, com os fãs da Legião Urbana.

Nesses comunicados dizíamos que, enquanto esse problema não fosse resolvido, não haveria nenhum lançamento da banda. Foi assim que, depois de termos nossos direitos reconhecidos pela justiça, recebemos da EMI - hoje parte da Universal Music - a proposta de lançar uma edição especial do nosso primeiro disco, também chamado de Legião Urbana e originalmente lançado em 1985.

Surgia então o projeto Legião Urbana - 30 anos. Edição especial que, além de trazer o disco original remasterizado, vai trazer um outro disco contendo algumas pérolas e raridades cuidadosamente guardadas nos cofres da gravadora. Entre elas estão, por exemplo, as três músicas que a EMI nos convidou para gravar no Rio de Janeiro em 1983, quando éramos um trio de rapazes vindo de Brasília - ainda com o Renato tocando baixo e cantando! Este lançamento da EMI / Universal está previsto para o final de 2015.

O processo de mexer com todas essas fitas, de ver aquelas fotos, de ler aqueles textos e, principalmente, de ouvir aquelas primeiras versões das nossas músicas, foi realmente emocionante. Tanto que acabou despertando a vontade de estarmos juntos tocando de novo.

Dessa vontade surgia uma segunda ideia: a de chamar alguns amigos e montar um show para tocar o nosso primeiro disco na íntegra. Mas, para evitar erros ou mal-entendidos, sentimos a necessidade de deixar bem claro que não existe possibilidade alguma de “volta” da Legião Urbana. Como já dissemos inúmeras vezes, a Legião - como banda - acabou junto com a morte do Renato, em 1996. E ninguém pode substituir o Renato. Único e insubstituível.

Esse encontro onde vamos comemorar os 30 anos do nosso primeiro disco - tocando ele na íntegra - vai levar o nome do próprio disco, e será divulgado da seguinte forma:

Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá
em
Legião Urbana – 30 anos
Como o Renato sempre dizia nos nossos shows: "A gente está aqui no palco, mas a verdadeira Legião Urbana são vocês”. Só que, desta vez, alguns de vocês vão estar no palco junto conosco!"

URBANA LEGIO OMNIA VINCIT

Fonte: Notas Musicais

Mundo da Música

As novidades e todas as notícias do mundo da música estão aqui.

Voltar Topo