Turma do Pagode completa 15 anos

18/07/2016 18:00

Há uma década e meia, o grupo Turma do Pagode faz, de maneira exemplar, o que o seu nome indica: o bom e velho pagode. Durante esse tempo, o octeto vem mostrando como conquistar públicos de faixas etárias variadas, principalmente os mais jovens, sem abrir mão do som que caracteriza o gênero, com seus instrumentos tradicionais, como o repique de mão, o reco-reco e a cuíca.

Para celebrar os 15 anos de estrada, essa turma apresenta um CD e DVD que sintetiza bem o espírito desse período. Ao invés de se acomodar sobre os sucessos, o grupo apresenta quinze músicas inéditas, uma para cada ano de carreira. Essas faixas compõem o repertório do CD. No DVD, os rapazes aproveitam pra incluir canções consagradas pelo público, como Lancinho, Camisa 10 e Horas iguais. Assim como o próprio nome do grupo, o título do trabalho é autoexplicativo: XV Anos. “Dentre as 15 canções inéditas, algumas foram compostas especialmente para o DVD e outras são de compositores com os quais temos identificação”, explica Marcelinho, responsável pelo cavaquinho. Os outros integrantes são Leiz (tantã e voz), Caramelo (banjo e voz), Rubinho (pandeiro), Leandro Filé (violão), Fabiano Art (surdo e percussão), Neni Art (repique de mão, pandeiro, cuíca e percussão) e Thiagão (reco-reco e percussão).

Entre as músicas inéditas, destaque para as duas já trabalhadas na mídia. Deixa em off ultrapassou a marca de 10 milhões de visualizações no YouTube, caminho que deverá ser trilhado por Puxa, agarra e beija, que chegou às rádios em maio. Na faixa, os pagodeiros se unem ao ritmo nordestino do Aviões do Forró. “Convidamos o Aviões porque a banda já cantava músicas nossas em seus shows”, explica Marcelinho. “Quando Puxa, agarra e beija chegou até nós, o repertório estava praticamente fechado. Na primeira audição, ela foi reprovada. Depois ouvimos novamente, decidimos testar e gostamos muito do resultado. Na gravação, com a participação do Aviões, a música ficou ainda mais forte”, completa.

Os outros convidados são Netinho de Paula, Arlindo Cruz e Thiaguinho. “O Netinho é o nosso padrinho, foi um dos primeiros a nos apoiar, e nada mais justo do que ele estar com a gente nessa celebração. Todos nós crescemos ouvindo Arlindo Cruz. Nos espelhamos muito nele, uma referência no samba. O Thiaguinho é um irmão e grande amigo nosso. Ele é nosso parceiro de composições e curte muito o som do TDP”, diz Marcelinho. Além de cantarem juntos no DVD, o Turma e Thiaguinho dividem semanalmente o palco da Áudio Club, em São Paulo. Trata-se de uma verdadeira roda de samba, que acontece até o fim de julho na casa localizada na zona oeste da capital paulista. Em tempo: Marcelinho acredita muito no potencial de Beija aqui, faixa que o grupo gravou com Thiaguinho. “Ela tem ótima repercussão nos shows e pode ser o próximo single”.

Fonte: Sucesso Cd

Serginho Moah, sobre carreira solo: "Com a crise, tive que abrir uma torneira a mais"

06/07/2016 17:00

Depois de anunciar o primeiro disco da carreira solo, em paralelo ao Papas da Língua, Serginho Moah considera a experiência uma "aventura solo".

— É bem isso, rapaz, bem definido. (risos). Não gosto de dizer que é uma carreira solo, porque o Papas continua firme, tem 20 anos. Está tudo muito bem no grupo. Uma vez, eu ouvi o (Marcelo) Yuka, (ex-integrante do Rappar) comentar que o Paralamas (do Sucesso), é inderrubável. Então, parafraseando o Yuka, eu digo que o Papas é inderrubável (risos) — afirma Serginho.

Em outubro, o músico deve lançar seu primeiro disco solo. Sobre os motivos que o levaram a intensificar a experiência - já que Serginho já fazia shows solo, eventualmente - o gaúcho cita um antigo sonho e a crise econômica. Em épocas anteriores, o grupo fazia cerca de doze shows mensais. Agora, faz de quatro a seis.

— A crise afeta, claro. Eu já tinha um sonho de fazer um CD solo, com a minha cara, que eu fosse a cara do negócio. Mas a crise econômica pesou, claro. o Brasil está passando por uma crise terrível. Tive que achar uma outra torneirinha mais jorrar a mais — afirma.

Projota divulga clipe de “Foco, Força e Fé”

01/07/2016 19:00

A música “Foco, Força e Fé”, um dos maiores sucessos do rapper Projota, acaba de ganhar um novo clipe. Atualmente a faixa faz parte da campanha do canal SporTV para as Olimpíadas 2016. A propaganda apresentada no canal tem vídeos de 15, 30 e 60 segundos, nos quais são apresentados atletas em exercício e em momentos de superação.

Em entrevista, o cantor falou mais sobre o projeto: “Comecei a cantar exatamente por querer transmitir uma mensagem positiva, capaz de incentivar as pessoas a buscarem seu potencial, ultrapassar seus limites. Não vejo outro exemplo maior de superação e determinação do que os jogos olímpicos …”, afirmou. O vídeo foi extraído do DVD “3F’s Ao Vivo” gravado em janeiro deste ano, no Espaço das Américas, em São Paulo.

O CD e DVD tem direção de Maurício Eça e Haroldo Tzirulnik e traz 22 faixas, misturando antigos hits e quatro faixas inéditas, “Ela Só Quer Paz”, “Portão do Céu”, “Faz Parte” e “Muleque de Vila”, além de participações especiais. Em “Faz parte” o cantor faz dueto com a funkeira Anitta, com quem já teve outras parcerias, tais como “Cobertor” e “Mulher”. Já na música “Elas Gostam Assim”, que foi trilha sonora da novela global “I love Paraisópolis”, o cantor divide o microfone com Marcelo D2.

Neste ano, Projota também dividiu o microfone com o grupo Jota Quest na música “Um Dia Para Não Se Esquecer”. No último dia 24 (sexta), o rapper se apresentou em Porto Alegre (RS), dando início à temporada “3FsTour”, que deve passar por todo Brasil.

E lembrando que o Projota vai estar fazendo show sexta dia 15 de Julho, a promoção é da Oceano FM.

Mundo da Música

As novidades e todas as notícias do mundo da música estão aqui.

Voltar Topo