Rio Grande

Divulgação

Campanha da Fraternidade 2020 é lançada em coletiva de imprensa

Por Rodrigo de Aguiar , 26/02/2020, 14h28

Em uma coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira, a Diocese do Rio Grande fez o lançamento da edição 2020 da Campanha da Fraternidade. O bispo Dom Ricardo Hoepers recebeu os jornalistas em sua residência e durante uma hora falou sobre os pontos importantes e de ação da igreja católica acerca do tema “Fraternidade e Vida: Dom e Compromisso”.

De acordo com Hoepers, a Campanha da Fraternidade sempre tem como objetivo fazer com que as pessoas reflitam de uma maneira didática, pedagógica e prática sobre os assuntos abordados anualmente. Ainda conforme Dom Ricardo, “a vida humana se tornou frágil, desprezada e excluída, exigindo do lado humano uma resposta melhor”.

A imagem do cartaz traz Irmã Dulce, recentemente beatificada pelo Papa Francisco. Na visão de Hoepers, ela foi uma pessoa muito próxima da nossa história que recolhia as pessoas e as alimentava, sempre pensando no próximo. “Precisamos compreender que a vida é um dom de Deus e termos a ideia de que é preciso termos um compromisso com as pessoas”, completou.

Dentre os pontos trazidos pelo texto-base da Campanha está o de número 40 que trata sobre o suicídio. Segundo o material, em 2016, 11.433 pessoas, a maioria entre 15 e 19 anos, tiraram a própria vida e acenderam um sinal de alerta na igreja católica. A ideia de Hoepers é trabalhar esse tema aqui no município não só durante a Quaresma, mas em todo o ano.

Para auxiliar na campanha, um folheto explicativo foi elaborado em parceria com a Universidade Católica de Pelotas (UCPel) com os principais sinais para o suicídio. Integrantes do curso de Psicologia da instituição participarão do evento de lançamento para a comunidade, nesta quinta-feira, junto com profissionais do Corpo de Bombeiros.

Ao longo do período de Quaresma e o ano de 2020 serão debatidas possibilidades de criação de lugares de valorização da vida em todos os setores da sociedade rio-grandina. O evento de amanhã é aberto à comunidade e acontece a partir das 19h, no Centro Diocesano de Pastoral, na Rua João Alfredo, nº 532.

Imagem: Rodrigo de Aguiar/Grupo Oceano

Voltar Topo