Rio Grande

#ÉFakeNews

#ÉFakeNews - Homens com Covid-19 em RG furaram o isolamento?

Por Guilherme Rajão , 28/05/2020, 11h33

Circula, desde o final da semana passada, em Rio Grande, uma série de informações desencontradas com relação ao possível caso de dois homens que tiveram resultados positivos para coronavírus e teriam furado o isolamento social obrigatório. No entanto, o Grupo Oceano buscou as informações com os envolvidos e verificou que os homens, profissionais de uma empresa do setor logístico, tiveram resultado positivo para os anticorpos da doença, tendo contato com o vírus no início do mês de maio.

O contato com o vírus teve início no dia 07 de maio, quando o pai de um dos homens, um senhor identificado como Pedro, acabou apresentando sintomas de uma forte gripe. Ao realizar o teste em um laboratório particular, Pedro recebeu o resultado positivo e, prontamente, solicitou que todos os profissionais da empresa em que ele trabalha fossem testados. Apenas seu filho e outro colaborador foram positivados.

O resultado dos testes foram divulgados no dia 21 de maio, e no mesmo dia ambos foram liberados para voltarem ao trabalho. No entanto, por precaução, optaram por aguardar o resultado dos exames dos seus familiares. Na sexta-feira, dia 22 de maio, o resultado apontou como negativo para todos os integrantes das famílias. Então, no sábado, sem o vírus e não considerados transmissores, os profissionais voltaram para suas atividades normais no setor logístico.

No mesmo dia, uma foto começou a circular nas redes sociais junto a um texto, afirmando que eles haviam furado o isolamento. O fato causador do equívoco foi a divulgação, por parte da Prefeitura Municipal do Rio Grande, de que eles estariam em isolamento domiciliar. No entanto, no próprio sábado, dia 23, a Prefeitura corrigiu a informação e informou que os casos tratavam-se de homens curados, que haviam apenas os anticorpos para o Covid-19.

Portanto, a informação de que os dois casos confirmados de coronavírus, em Rio Grande, de operadores logísticos, que haviam furado o isolamento social, #ÉFakeNews.

Voltar Topo