Rio Grande

Câmara de Comércio avalia que mobilização é fundamental para UTE Rio Grande

Por Assessoria , 13/02/2018, 11h13

O coordenador do Movimento Aliança Rio Grande e presidente da Câmara de Comércio, Antônio Carlos Bacchieri Duarte, participou de uma reunião na noite da última quinta-feira, 08 de fevereiro, na sede da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), em Brasília, tratando sobre a Usina Termelétrica de Rio Grande. Uma comitiva de lideranças locais, regionais e estaduais tratou do assunto junto ao diretor-geral da agência, Romeu Rufino. Ainda não há uma definição sobre o projeto e a resposta final poderá vir no decorrer do mês de março.

“Foi uma reunião em que a ANEEL pode ver o esforço do Rio Grande do Sul pelo projeto. Uma mesa suprapartidária com representantes do Executivo Municipal, Governo do Estado e do Senado Federal. Não podemos nesse momento esmorecer e precisamos manter a coesão do grupo para que possamos conquistar a autorização para o projeto”, afirma Bacchieri. Segundo ele, a Agência afirmou que o empreendedor ainda precisa vencer algumas etapas como finalização do projeto e apresentação de todas as garantias necessárias à obra e isso deve ocorrer durante o mês de março. “Ainda nos colocaram a mesa que questionam se haverá demanda para a energia a ser gerada caso todos os processos sejam vencidos”, explica Bacchieri.

Para o coordenador do Movimento Aliança Rio Grande é extremamente importante que a mobilização siga para mostrar que o município e o Estado querem o projeto. “O empreendedor segue disposto e está apresentando tudo aquilo que lhe é solicitado”, conclui Bacchieri. Para o deputado federal Deputado Federal Darcísio Perondi (MDB-RS), “os americanos ficaram chocados com a perda da outorga após a reunião que tiveram com a ANEEL. Agora estão trabalhando e apresentando o projeto e estão chegando parcerias para a empresa americana. O Estado do Rio Grande do Sul está atento e estou otimista que quando o projeto estiver concluído teremos a Usina”.

Participaram da reunião o prefeito Alexandre Lindenmeyer, que representou a Azonasul, o secretário Chefe da Casa Civil Fábio Branco, representando o Governo do Estado, o presidente Flávio Maciel, a Câmara Municipal do Rio Grande, a senadora Ana Amélia Lemos, o Senado Federal, além de representantes de diversas instâncias. Segundo dados do Executivo Municipal, a Usina Termelétrica Rio Grande (UTE) representa um investimento de aproximadamente 3,3 bilhões de reais, com a criação de cerca de quatro mil empregos diretos no início das obras, além do desenvolvimento de novas cadeias produtivas em Rio Grande e região.

BR-116

Na última sexta-feira, 10, o Movimento Aliança Rio Grande e Aliança Pelotas juntamente com a Azonasul reuniu-se, em Porto Alegre, com o vice-presidente Editorial do Grupo RBS, Marcelo Rech para tratar sobre a duplicação da BR-116. Os Movimentos planejam um Fórum Regional no dia 21 de março, em Camaquã, sobre a importância das melhorias na rodovia com mediação do jornalista Daniel Scola. Além disso, o encontro também serve para buscar um alinhamento de informações e a manutenção da parceria na luta pelas obras e as projeções de mobilização para 2018.

Foto: Assessoria de comunicação

Voltar Topo