Porto do Rio Grande

Economia

Comparativos entre o primeiro trimestre de 2017 e 2018 mostram aumento na movimentação deste ano no Porto

Por Assessoria , 28/04/2018, 10h27

O Porto do Rio Grande constata, anualmente, números expressivos no setor de exportações dentre os mais variados nichos de mercadorias. Entre os principais destinos estão a China, Eslovênia, Espanha, Japão e Estados Unidos, respectivamente.

A China lidera o ranking do Porto do Rio Grande. Considerada a principal parceira comercial do Brasil, movimentou só no primeiro trimestre 2.299.223 toneladas em carga com destaque para a soja em grão, que até o momento somou 2.009.797 toneladas, ou seja, 87,42% do valor total. Em 2017 o total havia sido 1.386.395 de toneladas, o que demonstra um aumento significativo para este ano.

A Eslovênia e o Japão, que ocupam o segundo e o quarto lugar no ranking, importaram mercadorias direcionadas entre o primeiro trimestre de 2017 e 2018. A Eslovênia se deteve ao farelo de soja movimentando 233.049 toneladas no primeiro trimestre deste ano, demonstrando um aumento de 47,84% em relação ao mesmo período do ano passado, totalizado em 157.635 toneladas.

O Japão, costumeiramente, movimenta cavacos de madeira e celulose no primeiro trimestre do ano, tendo uma constância no valor final. Este ano foram movimentas 164.396 toneladas de carga.

A Espanha, dotada em terceiro lugar, movimenta uma gama de produtos variados. Fazendo o comparativo entre os trimestres, os produtos em comum foram apenas a celulose e a madeira cerrada. Neste ano foram movimentadas 166.493 toneladas de carga geral, um aumento de 10,18% em relação ao mesmo trimestre do ano passado.

Por fim, os Estados Unidos em quinto lugar, importou praticamente a mesma quantidade em relação aos trimestres. O valor final neste trimestre foi de 160.659 toneladas movimentadas.

Foto: Divulgação SUPRG

Voltar Topo