Esportes

Eleições

Novo presidente do São Paulo deverá ser conhecido no dia 2 de maio

Por Rodrigo de Aguiar , 25/04/2018, 14h43

Depois do rebaixamento para a Divisão de Acesso do Campeonato Gaúcho, o clima no estádio Aldo Dapuzzo é de eleições. Longe do período estabelecido no estatuto, a antecipação do pleito se justifica em razão da renúncia do ex-presidente Domingos Escovar e toda a sua diretoria.

No comunicado, entregue na última sexta-feira ao presidente do Conselho Deliberativo, Deivid Pereira, o mandatário rubro-verde informou que sua diretoria buscou cumprir com as obrigações que ainda restavam de sua gestão para oportunizar que um novo grupo assuma o clube, conforme as condições que foram estabelecidas na última reunião do Conselho.

O edital convocando para a eleição foi publicado no último sábado e os sócios com mensalidades em dia que queiram concorrer ao cargo deverão protocolar as respectivas chapas ao Conselho Deliberativo até 48 horas antes da eleição, marcada para acontecer no dia 2 de maio. Momentaneamente, a presidência do clube está sendo exercida por Pereira.

Foto: Rodrigo de Aguiar/Grupo Oceano

Voltar Topo