Estado

Finanças

Estado quita folha para novo grupo de servidores nesta quarta-feira

Por Assessoria , 08/08/2018, 17h01

O governo do Estado realizará, ainda nesta quarta-feira (8), o pagamento da folha salarial de julho para um novo grupo de servidores. Serão quitados os vencimentos líquidos entre R$ 1.500 e R$ 1.750, o que compreende 28.517 matrículas.

Com mais este depósito, que exigiu R$ 50 milhões em caixa, a Secretaria da Fazenda alcança 129 mil vínculos com os salários em dia desde a virada do mês, o que representa 38% do funcionalismo do Poder Executivo.

O novo crédito estará disponível na rede bancária entre o final de tarde e início da noite. Ainda nessa terça-feira (7), ocorreu a quitação dos salários entre R$ 1.300 e R$ 1.500. Até o momento, de uma folha líquida que fechou o mês em R$ 1,217 bilhão, a Fazenda conseguiu reunir R$ 168,2 milhões. Ao todo, o Poder Executivo contempla mais de 341,4 mil vínculos entre ativos, inativos e pensionistas.

Até R$ 8 mil

Segue a previsão de quitação dos salários líquidos de até R$ 8 mil no máximo até o dia 14 de agosto. Esta projeção leva em conta em especial a arrecadação do ICMS, cujo calendário de recolhimento inicia nesta quinta-feira (9).

Quando atingir este valor, serão 93% das matrículas com a folha integralizada até esta data, o que representa 317.278 vínculos. Não estão descartados outros depósitos neste intervalo. Já a quitação aos servidores acima deste salário líquido (7% do funcionalismo) deverá ocorrer a partir do dia 21.

Folha salarial de julho – servidores do poder executivo

Dia 31/07 (parte da manhã) – Até R$ 1.100 líquidos (49.163 matrículas) – R$ 44,5 milhões;

Dia 31/07 – 7ª parcela do 13º salário de 2017 – R$ 115 milhões;

Dia 31/07 – Indenização pelo atraso / folha de junho – R$ 840 mil;

Dia 31/07 (final do dia) – Até R$ 1.300 líquidos (75,9 mil matrículas no acumulado) – R$ 35,5 milhões;

Dia 3/08 – quitação funcionários das Fundações (CLT) – R$ 25 milhões;

Dia 7/08 – Até R$ 1.500 líquidos (100,9 mil matrículas no acumulado) – R$ 38,2 milhões;

Dia 8/08 – Até R$ 1.750 líquidos (129,4 mil matrículas no acumulado) – R$ 50 milhões.

Foto: Divulgação/Governo RS

Voltar Topo