Rio Grande

Trânsito

Obra da Corsan na General Osório deve seguir por dez dias

Por Rodrigo de Aguiar , 07/11/2018, 15h56

Seguirá por pelo menos mais dez dias o bloqueio da General Osório, no trecho entre a 24 de Maio e a Visconde de Paranaguá. A previsão foi repassada pelo coordenador especial de manutenção da Corsan, Diogo Fernandes, que explicou que a empresa optou por realizar a substituição da rede de esgoto ao invés de realizar mais manutenções naquele ponto.

Segundo ele, a rede atual é muito antiga e será substituída por uma maior em PVC. A ação será executada até a metade do trecho interrompido, pois o restante da tubulação formada por manilha de grês não apresenta problemas. A expectativa da Companhia é liberar até o final de semana o fluxo de veículos pela Visconde de Paranaguá.

Por conta do bloqueio, o fluxo de veículos apresenta lentidão e os motoristas que seguem pela Osório possuem como alternativa a conversão à direita na 24 de Maio para seguir em direção a General Canabarro. O acesso ao trecho é liberado apenas para trabalhadores do Hospital Santa Casa, além de funcionários e moradores do entorno.

Foto: Rodrigo de Aguiar/Grupo Oceano

Voltar Topo