Porto do Rio Grande

Projeto

Escola no Porto auxilia a desenvolver o turismo de Rio Grande

Por Assessoria , 06/12/2018, 17h10

Desde 2002, a Superintendência do Porto do Rio Grande (SUPRG) mantém o Projeto Escola no Porto, vinculado ao setor de Comunicação Social. Ao longo do ano de 2018, cerca de três mil pessoas puderam conhecer a estrutura portuária do cais público e conhecer um pouco da história dessa centenária instituição. Ao longo de sua história, mais de 40 mil pessoas já participaram desse projeto.

“O Porto por sua natureza não é uma área para visitação. O Projeto Escola foi estruturado e se manteve assim ao longo dos anos como uma fonte de aproximação da comunidade com o ambiente portuário. São crianças que muitas vezes nunca viram água que chegam à cidade para conhecer os navios que só tinham visto na televisão”, afirma o diretor superintendente Janir Branco. O trabalho desenvolvido ao longo do ano recebeu grupos de ensino fundamental, médio, técnico e universidades de mais de 40 municípios do Rio Grande do Sul e Santa Catarina que chegam à cidade para conhecer o porto.

Em 2018, passaram pelo porto alunos de cidades como Porto Alegre, Caxias do Sul, Vera Cruz, Teutônia, Sertão e outras. “O que percebemos é que mais de 90% dos visitantes são de outras cidades. Mesmo com um projeto tão antigo ainda temos pouca participação das escolas e universidades locais. O resultado é que temos um projeto que auxilia a desenvolver o turismo na região visto que essas escolas muitas vezes chegam à região exclusivamente para conhecer o porto, mas acabam indo a restaurantes, ficam hospedados em hotéis e utilizam outros serviços”, afirma o assessor de Comunicação e Marketing da SUPRG, André Zenobini.

Além da visitação ao Porto, muitas escolas acabam contratando guias de turismo local, para aproveitar e conhecer a cidade, gerando emprego e renda. Minéia Oliveira é proprietária de uma empresa de turismo receptivo e recebeu ao longo do ano mais de 1,5 mil visitantes que tinham como destino o complexo portuário. “O projeto é de muita importância não só para mim como para todos que vivem em Rio Grande e no Estado. É com ele que aprendemos a importância do porto para todo o Estado. Como empresária, queria que nossas escolas locais visitassem muito mais visto que o porto faz parte da história da cidade. Espero que esse projeto siga por muitos anos ainda”, conclui ela.

Foto: Brenda Silveira/Assessoria SUPRG

Voltar Topo