São José do Norte

Campanha

Janeiro Branco incentiva cuidados com Saúde Mental

Por Assessoria , 09/01/2019, 13h20
Com o objetivo de evidenciar os cuidados com a Saúde Mental e Emocional, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de São José do Norte, realiza a campanha Janeiro Branco para orientar os cidadãos e trabalhadores da Saúde sobre o tema.

Ao longo do mês de janeiro, a campanha estará mais em evidência nas unidades de saúde do município, mas, durante o ano inteiro ocorrem ações neste sentido. As unidades de saúde estão preparadas para receber e orientar as pessoas que irão encontrar uma equipe qualificada a espera para ajudar. No Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) estão à disposição oficinas terapêuticas e grupos de psicoterapia. Ao todo são 7 grupos, entre eles: Grupo de orientação aos pais, Melhor idade,  Grupo AD (álcool e drogas), e o Familiar Ad.

O município também dispõe do Programa de Redução de Danos (RD) que é uma estratégia que busca minimizar os danos causados pelo uso abusivo de substâncias, reduzindo esse consumo, respeitando a liberdade de escolha, com vistas à proteção da saúde e que tem como base o vínculo e a confiança. 

O movimento Janeiro Branco iniciou no Brasil, em Uberlândia, e foi pensado por psicólogos e profissionais da saúde com o propósito de convidar a população a discutir a importância do cuidado com a saúde mental em busca de mais felicidade e qualidade de vida.

O mês de janeiro foi escolhido porque representa, simbólica e culturalmente, um mês de renovação, de esperanças e projetos na vida das pessoas. “Muitas vezes, ao fim de cada ano, fazemos avaliações de como foi o ano que passou e de como queremos que o próximo seja, e a campanha propõe o debate e o planejamento de ações em prol de sua saúde mental”, explicou a equipe da SMS ao enfatizar que a campanha pretende difundir um conceito ampliado de saúde mental e saúde emocional, como um estado de equilíbrio.

O RD implica em ações que envolvem a prevenção e a promoção de saúde, o auxilio na busca de serviços e direitos garantidos por lei, o vínculo com as equipes de saúde para o acompanhamento ou encaminhamento do caso, o uso com proteção, a diminuição do consumo, a substituição por substâncias que causem menos agravos e o possível abandono do uso. Além disso, o trabalho do redutor de danos compõe a distribuição de preservativos para prevenção de DST’s, distribuição de preservativos e materiais informativos, e troca de materiais relativos ao uso de drogas, tais como seringas, orientação quanto aos riscos que o usuário está exposto, entre outros.

Os profissionais da saúde explicam que o que levará cada pessoa a buscar ajuda especializada é uma questão muito particular, já que cada pessoa vive e interpreta experiências de modo particular. Porém, o principal sinal de alerta é quando o indivíduo percebe que, por algum motivo, não está se sentindo bem. Muitas vezes, as pessoas são consumidas por estresse, tristeza, dificuldade nas relações e desânimo. Um método que pode ajudar, de acordo com os profissionais, é a psicoterapia, pois faz com que o indivíduo se sinta melhor e o ajuda a descobrir como lidar com tais dificuldades. “É a terapia que nos enriquece como pessoa, nos ajuda a lidar melhor com os outros, com o mundo e, principalmente com nós mesmos. Assim aprendemos a superar nossas dificuldades e, principalmente, a identificar e aprender a lidar com nossas emoções”, explica a equipe da SMS.

A Campanha Janeiro Branco é voltada para a população de um modo geral, pois, quanto mais pessoas tiverem conhecimento, maior será o debate e a construção de ideias que reforcem a importância dos cuidados com a saúde mental e a participação em grupos de psicoterapia e atendimento psicológico.

Mais São José do Norte

Ver mais São José do Norte

Em Destaque

Voltar Topo