São José do Norte

Travessia de veículos

Prefeita de SJN fala sobre medidas que deverão ser tomadas em razão do descumprimento de horários

Por Rodrigo de Aguiar , 03/01/2019, 15h03

A prefeitura municipal de São José do Norte planeja ingressar com uma ação na justiça contra a empresa F. Andreis, em razão do não cumprimento da portaria da Superintendência do Porto do Rio Grande (Suprg) que estabeleceu horários extras para a travessia de veículos entre os dois municípios. A informação foi repassada pela prefeita nortense, Fabiany Zogbi Roig, no programa Giro Oceano, mas essa decisão dependerá do resultado de uma reunião entre a Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul (Agergs) e a Suprg nesta quinta-feira.

O descumprimento dos horários foi denunciado pela chefe do executivo na última terça-feira, quando Fabiany gravou e publicou um vídeo em sua rede social demonstrando que naquele horário a embarcação deveria estar deixando o município em direção a Rio Grande. Na publicação, ela mostra que a empresa não acrescentou os novos horários na placa próxima ao atracadouro e também não atualizou as informações para quem consulta por telefone, fato comprovado pela nossa reportagem.

Na manhã de hoje, ela participou do programa Giro Oceano e falou sobre as tratativas do poder executivo para buscar a qualificação do serviço e as constantes reuniões realizadas com a Suprg para permitir as melhorias tão esperadas pelos usuários. Fabany também esclareceu as informações sobre a recusa da prefeitura em permitir a realização da travessia pela Barra, dizendo que a área em que a empresa pretendia construir o seu atracadouro é considerada pelo Ibama e pelo Ministério Público Federal como ambientalmente inviável, mas a prefeitura teria apresentado um outo ponto muito próximo daquele pretendido.

Ouça a entrevista completa clicando no player abaixo.

Foto: Divulgação

Mais São José do Norte

Ver mais São José do Norte
Voltar Topo